Notícias
Surto de tosse do canil
09-12-2016
É com preocupação que temos recebido um número crescente de cães no Hospital Veterinário das Laranjeiras com tosse do canil e pretendemos alertar os donos para a natureza desta doença potencialmente grave e de como podem preveni-la.

A tosse do canil é um complexo de doenças que afetam o aparelho respiratório em cães. Esta doença tem origem em diversos agentes infecciosos (bactérias e vírus), mas a infeção pela bactéria Bordetella bronchiseptica é especialmente importante. A transmissão é feita pelo ar, de modo semelhante às gripes humanas, sendo mais provável em ambientes fechados ou locais onde se concentrem vários cães (jardins, escolas, creches, concursos, etc.). A doença é altamente contagiosa e o simples contacto nariz com nariz pode transmiti-la, para além do ar.

A doença causa inflamação da traqueia e o sinal clínico clássico é uma tosse seca, que muitas vezes termina em engasgo ou vómito, mas podem ocorrer espirros, corrimentos nasais e oculares e perda de apetite. Pode também ocorrer pneumonia bacteriana secundária.

O tratamento geralmente inclui antitússicos e antibióticos caso haja sinais de infeção, mas em casos graves inclui antibióticos intravenosos e internamento em cuidados intensivos se houver pneumonia associada. A doença pode ser muito grave em animais seniores, diabéticos, doentes respiratórios e cardíacos e também em cães adultos “normais”.

A melhor estratégia é mesmo prevenir através da vacinação de todos os cães. Nunca saberemos se o nosso cão ficará seriamente doente. Existe uma vacina de aplicação nasal eficaz, segura, que não necessita de reforço inicial e que gera uma resposta imunitária ao fim de 72 horas. Informe-se junto do seu médico veterinário.
Formulário de Satisfação
Pode ceder-nos o próximo minuto do seu tempo?
ONDE ESTAMOS   ATENDIMENTO 24H   SIGA-NOS
Rua São Tomás de Aquino, 8C
1600-203 Lisboa
  21 727 0945
91 404 3721
 
         
© 2016 Luís Cruz, Lda.   Design Binário - Web Innovation